8 de jun de 2008

Buscando sexo grátis, criam o golpe da seleção para filme pornô

Foto: Casting verdadeiro em Madri
“-Depois de 45 min de filmagem estava cansada, o ritmo que o cara impunha era brutal. O operador da câmera também participou, embora não estivesse previsto. Terminamos, levaram-me para casa e deram-me números de telefone e um endereço para finalmente gravar o filme na data combinada. Nunca mais encontrei nenhum deles”. Esse é o relato de María, uma gogo-girl espanhola que vive perto de Madri e que foi enganada pelo golpe das falsas seleções para filmes pornôs.

“- Me interessei por um anúncio que procurava uma mulher para realizar pornô amateur. Telefonei para o número do anúncio e conversei com um homem que prometia um bom dinheiro. Disseram-me que devia fazer uma prova e ver como me comportava diante das câmeras”, conta María.

Yurena também foi alvo dos golpistas, conta que durante o falso casting teve que fazer tudo na cama, mas depois os “produtores” sumiram. “- Depois que você descobre que foi enganada não sabe o que fazer. Você não pode dizer para seus pais, nem para o seu namorado. E se você for para a polícia eles podem achar muito estranho ou rir de você”, desabafa Yurena.

Sem querer, o próprio gênero dos filmes pornôs protege os golpistas que buscam sexo grátis e rápido com mulheres bonitas. Hoje em dia está na moda a chamada pornografia gonzo (produções onde o operador de câmera ou o diretor participam da ação), razão pela qual muitas mulheres acham normal os pedidos feitos durante os falsos testes.

A maioria das aspirantes ao golpe é localizada pela internet. Os golpistas colocam em diversas páginas da web anúncios prometendo dinheiro e sucesso onde explicam que “são profissionais do setor” que estão preparando uma grande produção e necessitam de novas atrizes.
Fonte:elmundo.es

Nenhum comentário: